segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Salvaterra de Magos: GNR vai mudar-se para antiga escola primária

 
 
A GNR de Salvaterra de Magos vai mudar-se em breve para as instalações de uma antiga escola primária, abandonando de vez o actual posto onde os militares prestam serviço em "condições deploráveis", segundo a denúncia que a Associação dos Profissionais da Guarda tornou pública na semana passada.
 
 
 - Presidente da Câmara, Comandante do Destacamento de Coruche e Comandante do Posto de Salvaterra -


O Comando da GNR de Santarém, que já visitou as instalações, concorda com a solução proposta pela presidente da Câmara, Ana Cristina Ribeiro, que vai reunir antes do final do ano com o Ministério da Administração Interna para acertar os pormenores da transferência.
 
 
Situado na avenida principal de Salvaterra de Magos, o edifício escolar necessita apenas de pequenas obras de adaptação para o trabalho policial. Enquanto decorrem os trabalhos, a autarquia vai providenciar uma solução para instalar provisoriamente os militares.



 
Fonte CM online, 23-12-2012

A todos os visitantes deste espaço

 




GIF in Google

domingo, 23 de dezembro de 2012

Muge: Morreram os irmãos Mayer


Um era fotógrafo e outro pianista. Ivo Mayer morreu sexta-feira, Augusto faleceu hoje. Augusto era o mais velho, tinha 86 anos, Ivo fizera 84.


- Irmãos Ivo e Augusto Mayer -



O fotógrafo Augusto Mayer, 86 anos, faleceu hoje em Lisboa, no hospital de Santa Maria, onde se encontrava internado, disse à Lusa o historiador de jazz João Moreira dos Santos, sem adiantar outros pormenores.
 
O fotógrafo faleceu um dia depois do seu irmão, o pianista de jazz Ivo Mayer, de 84 anos, cujo funeral se realiza no domingo de manhã, em Muge, no concelho de Salvaterra de Magos.

Ivo Mayer, um histórico do jazz


Ivo é "um dos históricos do jazz em Portugal", segundo João Moreira dos Santos, estreou-se em 1944 e colocou fim à carreira artística em 1964, quando morreu o seu pai.
 
Cresceu numa família com tradição musical em que ambos os pais eram instrumentistas não profissionais de guitarra (o pai) e piano (a mãe). "O jazz entrou na sua vida em meados dos anos 1940, quando ainda era estudante", disse o historiador.
 
Este lisboeta da freguesia de Santa Catarina estudou piano a partir dos cinco anos, e aos 18 concluiu o sexto ano de piano do Conservatório Nacional.
 
"Inicialmente influenciado pelo pianista norte-americano Carroll Gibbons, líder da orquestra do Hotel Savoy, de Londres, aos 17 anos, fruto da amizade com Gérard Castello-Lopes, expôs-se à música de Duke Ellington, músico que o impressionou e aproximou definitivamente do jazz", disse Moreira dos Santos.
 
Estreou-se em 1944, no Clube Radiofónico de Portugal, e posteriormente passou a colaborar na Emissora Nacional, integrando um conjunto de música ligeira composto, entre outros, por Fernando Freitas da Silva e Augusto Cabrita, agrupamento com o qual participou na Festa do Fado, no Coliseu de Lisboa.
 
"A sua ligação a esta estação radiofónica consolidou-se logo no início dos anos 1960, década em que juntamente com Beatriz Sousa Santos manteve, durante três anos, um programa de música ligeira a dois pianos; seguiu-se o programa 'A Nova Onda', em que integrou um conjunto composto por Paulo Gil, Fernando Chiotte, Rui Cardoso e Bernardo Moreira, banda que participou também em programas da RTP", contou o investigador.
 
"Entre os anos 1950 e 1960, tocou regularmente no Hot Clube, tendo acompanhado diversos músicos estrangeiros de passagem por Lisboa, nomeadamente, o trompetista Red Rodney", acrescentou.

O corpo do pianista está a ser velado na igreja dos Santos Reis Magos, no Campo Grande, em Lisboa, onde, domingo pelas 10h, é rezada missa de corpo presente, seguindo-se o funeral para o cemitério de Muge, no Ribatejo.

Augusto Mayer, a história do jazz


A Augusto "se devem as imagens que permitem contar a história do jazz, entre nós, ao longo de quatro décadas, de 1940 a 1970, atividade que prosseguiu sempre como amador em função da sua paixão por este género musical".
 
Tal como o irmão Ivo "conviveu desde cedo com a música tocada em casa pelos pais, ambos instrumentistas não profissionais".
 
O contacto com o jazz surgiu durante o tempo de estudante, através da rádio, "particularmente a BBC, cujo programa 'Music While You Work', transmitido com o objetivo de incrementar a produtividade dos operários durante a II Guerra Mundial, lhe trazia até casa a sensacional orquestra de Glenn Miller".
 
Começou a cultivar os discos de jazz, alguns trazidos pelos pais do estrangeiro. "Em 1953, em Paris, assistiu ao seu primeiro grande espetáculo de jazz ao vivo, um concerto histórico protagonizado pela orquestra de Lionel Hampton", contou Moreira dos Santos.
 
"A sua dedicação à promoção do jazz iniciou-se por volta de 1945, data em que começou a colaborar no programa 'Música Moderna', emitido pela Rádio Juventude, ligada à Mocidade Portuguesa", disse o investigador.
 
"As suas funções, exercidas graciosamente, passavam pela seleção dos discos a difundir, essencialmente as grandes orquestras de swing da época, e prolongaram-se durante cerca de cinco anos", contou.
 
Ainda em 1945 estreou na Emissora Nacional o programa 'Hot Club', criado por Luís Villas-Boas, que já conhecia.
 
"Foi, porém, através de um outro amigo amador de jazz que tomou conhecimento da fundação do futuro Hot Clube de Portugal, notícia que lhe bastou para enviar de imediato vários postais para este programa, solicitando a respetiva associação. O seu entusiasmo levou-o a participar ativamente nas primeiras reuniões de sócios, eventos realizados no Café Palladium, e no restaurante Belvedere, ambos em Lisboa", disse Moreira dos Santos.
 
Na década de 1950 foi vice-presidente e tesoureiro do Clube e "desempenhou um papel relevante ao descobrir aquela que seria a sua sede, na Praça da Alegria, e ao organizar, em 1958, o IV Festival de Música Moderna, substituindo Villas-Boas, ausente em França".
 
"Ajudou também a tornar possíveis dezenas de 'jam-sessions' promovidas pelo Hot Clube, transportando no seu automóvel inúmeros músicos e respetivos instrumentos", contou.
 
"Fotógrafo autodidata e amador; profissionalmente, distinguiu-se no comércio de antiguidades, colaborando desde 1950 na ourivesaria fundada pelo pai, em 1917, começou a tirar fotografias de jazz meramente para futura memória pessoal, datando as imagens mais antigas de fevereiro de 1948, data da realização, no café Chave d'Ouro, da primeira 'jam-session' pública promovida em Portugal", disse à Lusa o investigador.
 
Pelas objetivas das suas máquinas fotográficas passaram, ao longo de quatro décadas, os rostos de quase todos os músicos de jazz portugueses em atividade entre os anos 1940 e 1970 e alguns dos grandes ícones do jazz, nomeadamente Sidney Bechet, Count Basie, Duke Ellington, Oscar Peterson, Quincy Jones, Benny Goodman, Miles Davis, Bill Evans, SarahVaughan, George Wein, Red Rodney e Ronnie Scott.


Texto in Expresso online, 22-12-2012
Imagem DN

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Nova lei das Freguesias foi aprovada hoje na especialidade pela maioria PSD/CDS-PP

 
 
«A maioria parlamentar aprovou hoje na especialidade a lei da reorganização administrativa das freguesias, tendo as 250 propostas de alteração à lei apresentadas pelo PCP, que obrigaram a uma maratona na votação parlamentar, sido rejeitadas.
 
As propostas de alteração apresentadas pelo PCP pretendiam a eliminação de todos os artigos referentes à agregação das juntas de freguesia na lei proposta pelo Governo e aprovada pelo PSD e pelo CDS-PP.
 
O voto contra dos grupos parlamentares social-democrata e centrista foi suficiente para bloquear as propostas comunistas, apesar do voto a favor da generalidade da oposição.»
 
 
in Expresso online, 21-12-2012



Notas do editor de 'Ecos de Salvaterra':
Com a aprovação hoje na especialidade, confirmou-se a informação avançada por este blogue no passado dia 7 de dezembro: Concelho de Salvaterra de Magos com quatro Freguesias

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Marinhais: Detido por furto de metais

 
«A GNR de Marinhais deteve, na madrugada do dia 19, um indivíduo de 33 anos por furto de metal. A detenção foi efectuada em flagrante delito, na altura em que arrancava fios de cobre de postes de alta tensão. Posteriormente foi efectuada uma busca a um armazém, referenciado como um lugar de receptação de artigos furtados e apreendido: 492 quilos de cobre; 85 quilos de ferro; 285 quilos de alumínio; 53 quilos de latão e 11 gavetas de sistemas de comunicações.
 
 
Em consequência desta busca foi ainda elaborado, por militares do Núcleo de Protecção Ambiental de Coruche, um auto de contra-ordenação ao proprietário do armazém por gestão de resíduos sem autorização. O suspeito de furtos ficou detido e o proprietário do armazém foi constituído arguido e sujeito a termo de identidade e residência.»
 
 
 
 
in Correio do Ribatejo online, 20-12-2012

sábado, 15 de dezembro de 2012

Muge: Três mortos em despiste

 
 
Três pessoas morreram e duas ficaram feridas na sequência do despiste de uma viatura ligeira ocorrido na Estrada Nacional 118 à entrada de Muge, no sentido Benfica do Ribatejo para Salvaterra de Magos, hoje, 15 de dezembro de 2012, cerca das 19 horas.
 
 



 
As vítimas mortais, residiam na freguesia da Fajarda, concelho de Coruche, e tinham 35, 38 e 40 anos. Os dois feridos, também residentes na Fajarda, foram transportados para o Hospital de Santarém. Todos pertenciam ao mesmo grupo de amigos.
 
O acidente, que está a ser investigado pelo NICAV (Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação) da GNR, ocorreu numa recta, onde o condutor terá perdido o controlo do BMW X5, embatendo nas barreiras de protecção lateral da estrada e caindo de seguida por uma ravina de seis metros para um terreno agrícola.
 
Uma das vítimas mortais ficou encarcerada dentro da viatura, e as restantes foram cuspidas do interior durante a queda pela ribanceira. Os dois feridos saíram do carro pelo seu próprio pé.
 
O socorro foi prestado pela VMER (Viatura Médica de Emergência e Reanimação) de Vila Franca de Xira, pelos bombeiros de Salvaterra de Magos, Almeirim, Benavente e Alpiarça, tendo estado também no local quatro patrulhas da GNR.
 
O trânsito na EN118 esteve interrompido enquanto duraram as operações de socorro e de limpeza da via.
 
 
 
 
 
 Fonte: Rede Regional 

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Porto Alto e Vialonga: GNR de Coruche prende quatro traficantes de droga

 
«O Núcleo de Investigação Criminal de Coruche deteve quatro homens, por tráfico de estupefacientes, na quinta-feira, 6 de dezembro.
 
Segundo a GNR, estas detenções realizaram-se no âmbito de um inquérito por tráfico de estupefacientes a decorrer neste Núcleo de Investigação Criminal, no cumprimento de mandados de busca domiciliária, foram realizadas buscas às residências dos suspeitos sitas no Porto Alto e em Vialonga. A GNR apreendeu aos quatro traficantes 1.565 doses de cocaína, 7.518 doses de haxixe, 74 doses de Cannabis Sativa, uma grande quantidade de sementes de Cannabis, 685 euros em dinheiro, 15 telemóveis, uma pistola de alarme, duas balanças digitais, um moinho e vários sacos para acondicionamento de estupefacientes.
 
Nesta operação foram empenhados 76 militares de diferentes unidades e valências, designadamente do Núcleo de Investigação Criminal de Coruche, militares do Comando e dos Postos Territoriais do Destacamento de Coruche, do Núcleo de Apoio Operativo e Núcleo de Apoio Técnico do Comando Territorial de Santarém e ainda, militares do Grupo de Intervenção de Operações Especiais, Grupo de Intervenção de Ordem Pública e Grupo Intervenção Cinotécnica da Unidade de Intervenção da GNR.»



in O RIBATEJO online, 07-12-2012

Concelho de Salvaterra de Magos com quatro Freguesias:




Glória do Ribatejo/Granho
 
Marinhais
 
Muge
 
Salvaterra de Magos/Foros de Salvaterra
 
 
 
«O Parlamento aprovou hoje na generalidade o projeto de lei da maioria PSD/CDS-PP para a reorganização administrativa das freguesias, com os votos contra de toda a oposição.

O diploma teve os votos contra do PS, PCP, BE e PEV e os votos favoráveis apenas da maioria PSD/CDS-PP.

Na bancada do PSD, o deputado eleito pelo círculo de Santarém Vasco Cunha e a deputada Andreia Neto, em conjunto com outros deputados eleitos pelo Porto, anunciaram a apresentação de declarações de voto.

A deputada do PS Isabel Moreira apresentou também uma declaração de voto, tal como o deputado do CDS-PP Rui Barreto.

O novo mapa prevê a redução de 1.165 freguesias das 4.259 atualmente existentes, sendo esta alteração a faceta mais polémica da reforma administrativa que o Governo iniciou em setembro do ano passado.»
 
 
 
Fontes: i online, 07-12-2012
SOL e DN

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Parabéns, Muge!

 
Muge: 708 anos de Foral
 
 
- Clique na imagem para ampliar -

No dia 6 de Dezembro de 1304, o Rei D. Dinis outorgou à vila de Muge Carta de Foral. Este documento régio, legista e regulamenta aspectos jurídicos e sociais desta nova povoação.
 
O foral de Muge revela também os privilégios, regalias e obrigações destes povoadores. Destaca-se a abertura das águas do Paul, é um processo de arroteamento para aproveitamento agrícola destas terras, a nomeação de um alcaide para regimentar a justiça e finalmente as barcas de passagem no Porto de Muge.
 
A Câmara Municipal de Salvaterra de Magos relembra a outorga, dando a conhecer o texto do foral.
 
 
 
Carta de Foral a Muge (6 de Dezembro)
Em Nome de Deus, Amem
 
Saibam quantos esta carta virem que eu D. Dinis, pela Graça de Deus, Rei de Portugal e do Algarve, em sembra com a minha mulher Rainha D. Isabel e com o Infante D. Afonso, nosso filho primeiro, e herdeiro, dou e outorgo Foral a vós povoadores da minha povoação de Muge.
 
E vós e todos vossos sucessores, devem ser livres e isentos, que não façam foro a mim, nem aos meus sucessores, salvo dardes dízimo a Deus.
 
Deves dar a mim e a todos meus sucessores, o quarto de fruto que Deus der na vinha de Vale de Lobos.
 
Deves fazer abertas no Paul que a água dele seja fora, e a essas abertas vos devo mandar fazer pontes de madeira, para que o dito Paul seja e possa ser servido.
 
E mando-vos fazer uma ponte de pedra sobre a abertura de Muge.
 
E eu dou e outorgo a vós para todo o sempre porto no Tejo em que metade das barcas por onde passem, assim como no Porto de Santarém.
 
E vós povoadores que em essa pobra morarem continuamente sereis livre de fossado e jugada.
 
Deve haver alcaide, para todo o sempre e mando que não respondam senão perante os seus juízes.
 
Dei a este povoadores esta carta selada do meu selo de chumbo.

Dado em Santarém a 6 de Dezembro de 1304



 
Imagem com vista aérea de Muge in Google

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Morreu o poeta popular João Vieira (Sabino), natural de Muge

 
 


 
João Vieira (Sabino), um grande Poeta Popular da nossa região e do nosso País, morreu esta madrugada, aos 92 anos, no Hospital de Vila Franca de Xira. O Município de Benavente está de luto pela morte do seu poeta popular tão carismático e sedutor com as palavras.
 
Um Homem de Saberes, João Vieira, para os amigos João “Sabino”, nasceu na Vila de Muge, a 15 de Outubro de 1920.
 
Foi trabalhador rural, feitor na Mata do Duque, Director dos Serviços Agrícolas na F.I.T. (Fomento da Indústria do Tomate), Agricultor, Inventor e Poeta Popular. Residia em Benavente desde 1960.
 
A sua enorme capacidade de comunicação, o seu verbo agudo e vivo, a inventiva poética e a sua humanidade tocante, granjearam-lhe o respeito e a admiração de todos aqueles que com ele privaram.
 
Era difícil não ser seu amigo, como difícil era não ficar contagiado pelo seu optimismo, pelos seus conselhos, pelo seu amor à vida – e pelos seus versos, os quais lhe surgiam espontâneos e inesperados, plenos de verdade e ensinamentos.
 
A poesia de João “Sabino” permanece, nos livros que nos deixou, como testemunho de um tempo, de uma fulgurante e lúcida memória. Por estes versos perpassa uma preocupada lisura, de sentido moral e social, uma vibração incomum, uma sensibilidade à flor da pele e um profundo saber das coisas do mundo e da vida. Uma poesia, que sendo popular (ou seja, não académica nem enfeudada a ressonâncias espúrias) se escreve no sentido, nos sentidos mais amplos e perenes de vida e do vivido.
 
João Vieira (Sabino), publicou 4 livros de versos: “Versos dos Saberes da Vida” (2001); “Versos do Coração” (2002); “Pão de Versos” (2003) e “Frutos de Outono” (2003), todos em edição de autor, e um livro de memórias “A Minha História” (Publicação da Câmara Municipal de Benavente / 2005), no qual o autor a ver, na simplicidade do discurso directo, escrevendo como falava, o seu singular percurso, abrindo-nos as portas da sua vida, da sua intimidade, contando-nos de forma sentida e, por vezes, empolgada, a caminhada por uma vida recheada e invulgar.
 
João Vieira (Sabino) um homem dentro do seu tempo, do nosso tempo – Um Homem de Saberes.
 
 
 
 
 
 
 
Nota do editor:
O funeral de João Vieira (Sabino) realiza-se amanhã, sexta-feira, 30 de novembro de 2012, pelas 11 horas, na Igreja Matriz de Benavente.

sábado, 24 de novembro de 2012

Almeirim: Acidente muito grave com equipa de juniores de hoquei dos Corujas mata jovem com 31 anos

 
 
«Ocorreu às 20h10, desta sexta-feira dia 23 novembro, um acidente muito grave na Estrada Nacional 118, a seguir à Compal.

Trata-se de uma colisão frontal, no mesmo local onde em Agosto morreu Carlos Alberto, ex. jogador de futebol.

A colisão foi entre um carro ligeiro e uma carrinha de uma equipa de hoquei, que transportava jovens jogadores.

"Trata-se de uma equipa de juniores do Corujas que iam a jogo de treino em Tomar. O treindor e o motorista inspiram alguns cuidados mas não é nada de grave" , diz ao Almeirinense fonte do clube.

Ao que O Almeirinense apurou há a registar um morto (um jovem de Almeirim com 31 anos) e nove feridos que estão a ser transportados para o hospital de Distrital de Santarém.

Os feridos são sete jogadores, o treinador e o motorista. O morto será o condutor da viatura ligeira.
Estão mobilizados os bombeiros de Almeirim, Alpiarça e Santarém.

A GNR tem a equipa de investigação no terreno.»



Fonte: O Almeirinense online, 23-11-2012

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Marinhais: Cavaleiro tauromáquico Pedro Salvador detido com notas falsas

 
«O cavaleiro tauromáquico Pedro Salvador, 35 anos, residente em Marinhais, foi detido na terça-feira, 13 de Novembro, por uma patrulha da GNR, pelas 16h30 na rotunda do Belo Jardim, em Samora Correia.
 
 
 
 
 
Pedro Salvador encontrava-se na posse de uma nota falsa de 50 euros e de três notas falsas de 20 euros. Tinha também na sua posse uma pistola, não possuindo licença de uso e porte de armas.
 
Militares do posto de GNR de Samora Correia detiveram o cavaleiro tauromáquico depois da denúncia do proprietário de um posto de abastecimento de combustível em Salvaterra de Magos. Pedro Salvador pagou o abastecimento da sua viatura com uma nota falsa de 50 euros momentos antes de chegar a Samora Correia.
 
Segundo fonte policial, apenas a nota de 50 euros estava bem falsificada. As três notas de 20 euros eram, segundo a mesma fonte, “descobertas até por um leigo”.

 
Pedro Salvador esteve detido duas noites no posto da GNR já que devido à greve geral que decorreu ontem não foi possível ouvi-lo. Vai ser hoje, 15 de Novembro, presente a tribunal.
 
O jovem, natural de Samora Correia, mudou-se para Marinhais depois de casar.»
 
 
 
Texto recebido por e-mail de Óscar da Silva
Imagem in Google

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Bloco de Esquerda de Salvaterra de Magos acusa PS e PSD de enganarem a população



«A concelhia do Bloco de Esquerda de Salvaterra de Magos afirmou hoje que a Unidade Técnica da Assembleia da Republica responsável pelo processo da reforma administrativa lhe “deu razão” ao rejeitar a pronúncia aprovada pelo PS e pelo PSD na Assembleia Municipal.
 
Em comunicado, o BE afirma que o PS, autor da proposta que apontava para a agregação do Granho a outra freguesia, “andou a enganar a população do concelho de Salvaterra de Magos e perturbou negativamente e com má-fé o esclarecimento e participação da população neste processo”.
 
O BE afirma que tanto o PS como o PSD locais “prometeram que com a pronúncia iam salvar freguesias” no concelho, demonstrando uma “voracidade” na aplicação da lei que só serviu para “dividir a população e colocar as freguesias umas contra as outras”.»




segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Tribunal de Benavente: Estado condenado por deixar estragar carros apreendidos em processo

 
«O Tribunal de Benavente condenou o Estado a pagar 177 mil euros a um stand de automóveis por devolver em completo estado de degradação 56 viaturas apreendidas num processo judicial que acabou com a absolvição do gerente.

Segundo a sentença, a que a agência Lusa teve acesso, as viaturas estiveram, entre julho de 2008 e agosto de 2010, no parque de viaturas do Vale do Forno, na freguesia de Carnide em Lisboa, "no meio de erva de cerca de um metro de altura, votados ao abandono, apresentando ninhos de rato no motor".

O sócio-gerente da Autobenaventense, Armindo dos Santos Aparício, foi constituído arguido no âmbito da "operação chicote", em 2008, mas acabou ilibado dos crimes de furto e de viciação de veículos, de falsificação de documentos e de associação criminosa. A empresa intentou uma ação cível contra o Estado ainda no decorrer do processo-crime.

Os automóveis encontravam-se à venda no stand quando foram levados por agentes da PSP, a 30 e 31 de julho e 01 de agosto de 2008, na sequência de um mandado de busca e apreensão do Ministério Público.

As 56 viaturas estiveram dois anos e 13 dias no parque da PSP, em Vale do Forno, em "condições de abandono, sujeitas às intempéries e a animais roedores e a insetos, sem qualquer manutenção ou reparação", o que provocou danos, explica a sentença assinada pela juíza Carla Ventura.

Segundo o Tribunal de Benavente, "não restam dúvidas de que houve uma efetiva violação dos deveres de guarda e de restituição das viaturas", uma vez que as mesmas foram devolvidas "em estado de degradação".

A sentença determina que o Estado Português tem de indemnizar a Autobenaventense em 177 mil euros, acrescidos de juros de mora, por danos patrimoniais: 68.413 euros a título de desvalorização do valor dos veículos e 108.596 euros para reparação das viaturas.

Para o tribunal, cabia ao Ministério Público e à PSP "preservar os bens apreendidos", de modo a que, caso não fosse determinada a sua entrega ao Estado (o que veio a acontecer), estes pudessem ser restituídos ao seu proprietário no mesmo estado de conservação em que se encontravam aquando da apreensão.

Assim, o Ministério Público e a PSP "atuaram como entidades públicas, em representação do Estado", que, segundo o acórdão, é proprietário do parque.

A sentença salienta que foram violados os deveres de guarda e de restituição dos veículos no estado em que se encontravam à data da apreensão, o que configura uma atuação "ilícita" e "culposa", porque era exigível aos responsáveis pelo depósito dos veículos que zelassem pelo seu bom estado de conservação, o que "não fizeram".

Fonte ligada ao processo explicou à Lusa que, cerca de um mês após a detenção do sócio-gerente do stand, a defesa, além de interpor a ação principal contra o Estado - que agora deu origem a esta condenação - interpôs uma providência cautelar para que as viaturas fossem devidamente cuidadas, antevendo a degradação dos automóveis, o que veio a acontecer.

Contudo, a providência cautelar não foi pelo Tribunal de Benavente.»




in JN online, 05-11-2012

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Coruche: Ladrões ficaram em prisão preventiva



«Os três autores confessos de um carjacking e de um assalto armado a um posto de combustível, terça-feira, em Coruche, ficaram em prisão preventiva.
 
Foram detidos na posse de várias armas.»
 
 
 
in CM online, 26-10-2012

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Marinhais: Comandante da GNR agredido


 «O comandante do posto da GNR de Marinhais foi violentamente agredido a murro no rosto por quatro homens no interior de um café da localidade do concelho de Salvaterra de Magos. A situação ocorreu na noite de quinta-feira e a Guarda conseguiu ainda deter os agressores no local.
 
Os agressores têm entre 21 e 36 anos e segundo a GNR estão indiciados por furtos no interior de residências. O comandante sofreu vários hematomas na cara e no corpo.
 
O militar entrou no café para avisar que estava um carro estacionado à porta com o rádio ligado e que era melhor desligarem o aparelho para que não ficassem sem bateria. Quando se identificou como GNR foi agarrado e agredido. O caso ocorreu por volta das 21h45 quando o comandante, à civil, estava a fazer uma ronda pela localidade para ver se não havia problemas, coisa que costuma fazer habitualmente.»
 
 
 
 
Texto recebido por e-mail de Óscar da Silva

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Marinhais: Márcio Neves é campeão do mundo no Ironman do Hawai

 




«O triatleta de Marinhais Márcio Neves sagrou-se Campeão do Mundo de Triatlo, na categoria de 25 a 29 anos, na mítica prova de resistência “Ironman” que decorreu no Hawai.
 
Márcio Neves, de 29 anos, completou a prova num total de 9 horas 8 minutos e 43 segundos, nesta modalidade muito exigente que implica um percurso contínuo de 3,8 quilómetros de natação, 180 quilómetros de ciclismo e uma maratona de 42,1 quilómetros de corrida.
 
“É um orgulho para o concelho de Salvaterra de Magos o feito alcançado por este nosso jovem, felicitando a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos o atleta e os seus familiares por este marco histórico conquistado numa competição mundial, onde estão os melhores de entre os melhores, e o melhor é português e é natural do nosso concelho”, lê-se no comunicado emitido pela Câmara de Salvaterra de Magos.
 
Márcio Neves sagrou-se campeão mundial na categoria de 25 a 29 anos na prova realizada no sábado, 13 de outubro em Kailua-Kona, no Havai, entre os melhores atletas do mundo da modalidade que participaram nesta 34ª edição do “Ironman”. Na classificação geral, o atleta de Marinhais, de 29 anos, foi o 33.º classificado absoluto, numa prova ganha pelo profissional Pete Jacobs, da Austália. Andreas Raelert, da Alemanha, e Frederik Van Lierde, da Bélgica, completaram o pódio absoluto. Outro português, Pedro Gomes, terminou em 27.º lugar, sendo o 26.º na classificação de profissionais. Mais atrás, Sérgio Marques foi 171.º, Rodrigo Baltazar 186.º e Vanessa Pereira 742.ª.
 
Márcio Neves completou o percurso em 9:08.43 horas, com os parciais para os três segmentos do percurso de 1:01.04 (natação), 4:57.32 (ciclismo) e 3:04.49 (corrida).»
 
 
 
Texto in jornal O RIBATEJO, 15-10-2012
Imagem in Google

Corrida de Toiros em Salvaterra de Magos, domingo, 28 de outubro de 2012




Imagem recebida por e-mail

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Carjacking em Muge


«Armados com uma caçadeira e uma pistola, dois ladrões aterrorizaram um agente comercial ao volante de um Volkswagen Passat, anteontem ao final da tarde na zona industrial de Muge, em Salvaterra de Magos, Santarém. Levaram-lhe o carro.
 
O homem, de 45 anos, foi surpreendido pelos dois assaltantes que o ameaçaram de morte com as armas, pondo-se de seguida em fuga com a viatura. As autoridades estão a investigar se os autores do crime serão os mesmos que atacaram e disparam sobre um homem paraplégico no domingo à noite em Vila Franca de Xira.
 
Após ter sido alertada para o carjacking de anteontem em Salvaterra de Magos, a GNR tentou montar um cerco na zona sul do distrito de Santarém e conseguiu ainda detectar o carro roubado a circular na zona do Porto Alto, já no concelho de Benavente, com os dois assaltantes no interior. Mesmo perseguidos por militares do posto e da unidade de trânsito de Samora Correia, os autores do crime conseguiram fugir à GNR, numa perseguição a alta velocidade pela Estrada Nacional 10, em direcção a Pegões.
 
Os ladrões estão a monte, apesar dos esforços da GNR. A investigação do caso transitou, entretanto, para a Polícia Judiciária de Lisboa.»



in CM online, 03-10-2012

domingo, 23 de setembro de 2012

Marinhais: GNR deteve burlões que pediam para fotografar peças em ouro


«Dois indivíduos, de 40 e 77 anos, suspeitos de andarem a roubar peças em ouro no concelho de Salvaterra de Magos, foram detidos na quinta-feira, 20 de Setembro, em Marinhais. Os indivíduos pediam às vítimas para os deixar fotografar as peças em ouro, argumentando que iriam abrir uma loja e oferecendo em troca relógios.
 
A GNR tomou conhecimento da alegada burla por volta das 11h30, quando foi alertada para os dois indivíduos, vestidos de negro, que andavam a circular num veículo de cor preta, em Salvaterra de Magos. Elementos do Destacamento Territorial de Coruche, dos postos territoriais de Salvaterra de Magos e Marinhais e do Núcleo de Investigação Criminal, montaram uma operação e uma hora depois conseguiram deter os suspeitos em Marinhais, quando se preparavam para efectuar mais uma burla.
 
O homem de 77 anos, residente em Chelas, foi identificado pelos lesados e constituído arguido, tendo saído do Tribunal Judicial de Benavente com termo de identidade e residência.»
 
 
 
Texto recebido por e-mail de Óscar da Silva

Glória do Ribatejo, Granho e Muge sem médico durante um mês


 
«A única médica que estava a dar consultas no posto de saúde da Glória do Ribatejo vai entrar de férias durante cerca de um mês, não existindo mais nenhum clínico para assegurar a sua substituição. Os moradores da Glória e de Granho e Muge que também eram atendidos neste posto vão passar a ser atendidos no Centro de Saúde de Salvaterra de Magos. Os casos mais urgentes vão ser encaminhados para o Serviço de Atendimento Permanente (SAP) de Benavente.
 
Há cerca de um mês um dos médicos que assegurava consultas na Glória do Ribatejo entrou de baixa. A outra médica, da Costa Rica, parte na próxima semana de férias durante um mês para o seu país de origem. A directora do Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria II, Luísa Portugal, viu-se obrigada a reorganizar os horários do Centro de Saúde de Salvaterra de Magos que vai receber durante este período os moradores de mais três freguesias. “Os casos mais urgentes vão ser encaminhados para o SAP de Benavente. Não tenho mais meios para resolver a situação. Se fosse uma médica nossa não a deixava ir de férias, mas já tinha o bilhete de avião comprado”, explica.
 
Este não é contudo único problema do concelho. Um dos médicos que trabalhava na extensão de saúde de Marinhais, rescindiu o contrato no início de Setembro. De momento existe apenas um médico para uma freguesia com mais de 6000 habitantes.»
 
 
 
 
Texto recebido por e-mail de Óscar da Silva

sábado, 22 de setembro de 2012

Salvaterra de Magos: Um morto e dois feridos graves em despiste de automóvel na Estrada da Barragem


«Uma pessoa morreu e duas ficaram gravemente feridas hoje no despiste de um automóvel no concelho de Salvaterra de Magos, distrito de Santarém, disse à Lusa fonte da GNR.







Segundo a mesma fonte, o acidente ocorreu às 02:00 na Estrada da Barragem, perto da localidade de Granho Novo.»
 
 
 
LUSA, 22-9-2012

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Salvaterra de Magos: Detidos por furto de peças em ferro

«Dois homens foram detidos pela GNR de Salvaterra de Magos, na manhã do dia 1, quando furtavam peças de um andaime em ferro.

Os militares foram alertados para um possível furto a decorrer no interior das instalações de uma empresa e foram ao local tendo apanhado em flagrante dois indivíduos a retirarem peças de um andaime em ferro ali colocado. Têm 23 e 43 anos e foram restituídos à liberdade sob termo de identidade e residência.»



Fonte: GNR

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Marinhais – Detido em flagrante delito


«Um homem de 43 anos foi detido, na noite do dia 23, quando furtava uma residência.


Referenciado em outros furtos, o indivíduo já tinha diverso material fora da residência, inclusive uma arma de caça.

Ficou detido até ser presente a tribunal.»


Fonte: GNR

sábado, 14 de julho de 2012

Marinhais: Acusado pelo Ministério Público de manter relações sexuais com enteada de 12 anos e engravidar amiga

«O Ministério Público acusou um homem de 50 anos por manter relações sexuais com a enteada de 12 e por engravidar uma amiga de 15, definindo o período dos abusos entre 2007 e 2008.

O homem está acusado de um crime de atos sexuais com adolescentes, um de abuso sexual de crianças, um de violência doméstica, quatro de maus-tratos e um de ofensas à integridade física.

Segundo o despacho de acusação, a que a agência Lusa teve acesso, o arguido viveu, entre 1996 e 2008, com a companheira, as três filhas menores (atualmente com sete, 12 e 13 anos) e a enteada, fruto de um anterior relacionamento da mulher e que à data dos factos tinha 12 anos.

De acordo com o MP, os abusos terão começado no verão de 2007, quando a família, residente em Marinhais, concelho de Salvaterra de Magos, recebeu em sua casa a filha de um casal amigo, então com 15 anos, para passar férias.

Sustenta a acusação que, numa determinada noite, o arguido levou a adolescente e a enteada para o Cabeço do Montal, tendo consumado as relações sexuais no interior da viatura, apesar da resistência das menores.

O MP refere que os abusos sexuais se sucederam nos meses seguintes, em locais isolados e na habitação do homem, aproveitando a ausência da companheira.

A ofendida de 15 anos acabaria por contar aos pais e ao agressor que estava grávida, ao que o mesmo terá respondido para beber cerveja preta com canela para abortar, adianta a acusação, a que a Lusa teve acesso.

Das relações sexuais do arguido com a menor nasceu uma menina, hoje com quatro anos.

O despacho de acusação refere ainda que o homem agredia e aterrorizava a mulher e as filhas com ameaças de morte, com recurso a uma faca ou uma arma de fogo, que terá disparado uma vez na direção da companheira, a qual ficou com a cara queimada de pólvora.

Na acusação vem relatado outro episódio de terror vivido por toda a família. Na ocasião, o arguido parou o carro em cima da linha do comboio e só o retirou após os gritos e a pedido das filhas.

J.L. aguarda o julgamento - ainda sem data de início - sujeito à medida de coação de termo de identidade e residência.

A companheira também será julgada por um crime de detenção de arma proibida, já que possuía uma espingarda ilegal.»




in JN online, 14-7-2012

domingo, 8 de julho de 2012

Benavente: Homem de 50 anos acusado de nove crimes de abuso sexual de menores


«O Ministério Público acusou um homem de 50 anos de nove crimes de abuso sexual, dois na forma tentada, a três primas menores, que à data dos factos, entre 2005 e 2008, tinham 9, 11 e 12 anos.

Segundo o despacho de acusação, citado este domingo pela agência Lusa, uma das vítimas - hoje com 16 anos - é sobrinha neta do arguido, com quem viveu mais a esposa deste, em Benavente, entre os dois e os 12 anos, por decisão judicial.

De acordo com o MP, entre 2005 e 2008, o arguido terá abusado da criança em qualquer divisão da casa onde ambos viviam, ou no carro em que este a transportava, desde que estivessem sós. Em 2005 a criança tinha 9 anos.

No verão de 2005, o homem foi sozinho buscar uma prima da menor para passarem duas semanas de férias. De acordo com o MP, o arguido terá acariciado a criança no percurso até casa e, durante o período das férias, alegadamente abusou da menor no sofá e no quarto da habitação.

Antes de regressar à casa dos pais, o homem terá dito à menor, que na ocasião tinha 11 anos, para não contar a ninguém o que tinha acontecido nessas férias, sustenta a acusação.

No verão de 2007 e antes do carnaval de 2008, o arguido foi buscar uma sobrinha de carro, à data com 12 anos, para passar uns dias com ele, a esposa e a prima que o casal tratava como filha.

Nas duas ocasiões, o homem terá acariciado a menor e procurado que esta o acariciasse, tendo, num dos casos, aliciado a criança com 20 euros para que esta o deixasse tocar nas partes íntimas, refere a acusação.

De acordo com o MP, o arguido conhecia a idade das três menores e aproveitava-se do facto de as mesmas permanecerem em sua casa e terem uma relação de proximidade entre si para praticar os crimes.

Acrescenta a acusação que o homem sabia que tinha um especial dever de respeito para com A.S, em virtude de a criança estar confiada à sua guarda por decisão judicial, depender de si economicamente, ser sua familiar e por a menor o tratar como pai e à sua mulher como mãe.

O arguido está acusado pelo MP de cinco crimes de abuso sexual de crianças, um crime de abuso sexual de crianças na forma tentada, dois crimes de abuso sexual de crianças agravado e de um crime de abuso sexual de crianças agravado na forma tentada.

Ainda não há data para o início do julgamento no Tribunal de Benavente.»



in JN online, 08-7-2012

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Tribunal de Benavente: Família revoltada com juízes

«A família do jovem que foi morto a pontapé numa briga por uma dívida de 40 euros diz-se "revoltada" e "indignada" com os juízes do Tribunal de Benavente. O autor do crime, Vasco do Rio, de 20 anos, começou a responder por homicídio qualificado, mas já só enfrenta a acusação de ofensa à integridade física qualificada – que é punível com cadeia até cinco anos.


- Mãe de António no tribunal -



A alteração jurídica do crime, ocorrido a 7 de Abril de 2011, foi decidida depois do depoimento de um perito do Instituto de Medicina Legal, segundo o qual a morte de António Afonso, de 28 anos, não teve como causa directa as agressões do arguido.

"Uma pessoa mata outra e nem sequer vai presa? Que justiça é esta?", questionou ontem Isabel Duarte, mãe da vítima mortal, após saber que a sentença foi adiada para 12 de Julho. O arguido, à solta, não esteve presente, alegando temer ser agredido.

in CM online, 29-6-2012

terça-feira, 19 de junho de 2012

Faleceu menino atropelado em Salvaterra de Magos

«A criança de sete anos que foi atropelada em Salvaterra de Magos na sexta-feira, 15 de Julho, não resistiu aos ferimentos graves sofridos no acidente e faleceu na segunda-feira, dia 18, ao início da tarde, no Hospital de Santa Maria, onde se encontrava internada.

Recorde-se que o acidente ocorreu na Avenida José Luís Brito Seabra, quando o menino se terá afastado dos pais e correu para a estrada, tendo sido colhido com grande violência por um condutor que não viu a sua aproximação e não teve tempo de travar.

O homem, de 63 anos, residente em Salvaterra de Magos, foi identificado pela GNR no local, onde foi submetido ao teste de despiste de álcool, que acusou negativo para a ingestão de bebidas alcoólicas.»



in Rede regional, 18-6-2012

domingo, 17 de junho de 2012

Salvaterra de Magos: Menino de 7 anos gravemente atropelado


«José Carlos Sousa, de apenas sete anos, afastou-se dos familiares, correu para a estrada e foi gravemente atropelado por um carro.

Está em estado crítico, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, depois do acidente, à hora de almoço, na avenida José Luís Brito Seabra, em Salvaterra de Magos. O menino embateu violentamente na parte da frente do veículo e caiu inanimado no chão.

Ao ver o corpo ensanguentado na estrada, o pai entrou em pânico. Pegou nele e colocou-o no seu próprio carro, seguindo de imediato para o quartel dos Bombeiros Voluntários de Salvaterra de Magos.

O menino seguiu de ambulância ao encontro de uma equipa médica do INEM que lhe prestou cuidados médicos e pouco depois deu entrada no Hospital de Santarém. Dada a gravidade dos ferimentos, seguiu mais tarde para Lisboa.

O condutor, 63 anos, residente na vila, foi identificado no local pela GNR e sujeito ao teste de alcoolémia, acusando taxa zero. Disse que o menino "saiu a correr entre dois carros para o meio da estrada" e não conseguiu evitar o atropelamento.»



in CM online, 16-6-2012

terça-feira, 29 de maio de 2012

Granho: Horta Solidária e Pedagógica


A Câmara Municipal em parceria com a Junta de Freguesia do Granho está a dinamizar o projecto “Horta Solidária e Pedagógica”, que está localizada na freguesia do Granho.



Trata-se de um projecto abrangente, que para além de ser um local de formação de crianças e jovens relativamente ao cultivo dos produtos hortícolas, promove a educação ambiental, incentiva a prática de uma agricultura biológica e promove o convívio intergeracional, em que os mais velhos ensinarão aos mais novos os seus saberes.



Os produtos a colher da horta serão canalizados para as instituições particulares de solidariedade social e para a loja social, para serem distribuídos às famílias carenciadas do concelho.



Este projecto conta com a participação dos alunos e de toda a comunidade educativa. Nesta fase de arranque do projecto, estão a participar activamente os alunos dos currículos alternativos.




Este projecto conta com a forte colaboração dos voluntários locais, que têm assumido um papel muito importante no processo, pois graças aos mesmos foi possível implementar um projecto que se encontrava previsto no plano de acção da Rede Social.



A Câmara Municipal e a Junta de Freguesia agradecem a todos aqueles que têm contribuído para o projecto, designadamente:

Joaquim da Silva Alemão
Francília do Castelo Gomes dos Santos
Zeferino Ventura Pereira
Augusto Gomes Martingil
Mauricio da Silva Pires Fernandes
Joaquim Ventura Ferreira
Francisco Dias Bragança
Florbela Pratas da Silva Pereira
Pedro Miguel Pereira Bragança
António Rui da Costa Gomes Feiteira
António Vidigal das Neves
Vitor Menino
Preplanta – Viveiros Hortícolas, Lda.
Fernando Cruz